logo CRMV zootecnia logo veterinaria brazao Brasil

setaVocê está em: Inicial > Destaque

SISCAD

img_05

Cadastro de profissionais e empresas

Atualização de endereço, consulta de débitos, emissão de boletos e certidões negativas.

Acessarseta 01

Facebook

Indicadores Econômicos

US$ Comercial: R$ 0,00

Euro: R$ 0,00

Boi gordo (Arroba em pé): R$ 0,00

Suíno (quilo vivo): R$ 0,00

Frango (quilo vivo): R$ 0,00

Fonte: -

Revista CRMV-PR

Relatório de Gestão 2011-2017

Relatório de Gestão 2011-2017

Ver todas as revistasVer todas as revistas

Cadastre-se e receba as notícias do CRMV-PR

Destaque

Zootecnista: há 50 anos garantindo o bem-estar animal

10/Mai/2018

A zootecnia comemora em 2018 os 50 anos da Lei 5.550/68, que regulamenta a profissão no Brasil. Neste dia 13 de maio, em que é celebrado o Dia do Zootecnista, o CRMV-PR homenageia os profissionais com a campanha “Zootecnista: há 50 anos garantindo o bem-estar animal”.

Independente da área de atuação, uma das atribuições do zootecnista é garantir que os animais com os quais lida diariamente tenham uma vida saudável e sem sofrimento. Para representar a categoria nesta data especial, convidamos três profissionais que se dedicam para garantir o bem-estar animal.

Nutrição e ambientação no zoológico

O zoológico de Curitiba tem em suas instalações aproximadamente 1,5 mil animais. Elaborar o cardápio de alimentação para todos, levando em conta as características de cada espécie – algumas noturnas, outras carnívoras, e por aí vai -, é trabalho do zootecnista Carlos Frederico Grubhofer, chefe de nutrição do zoológico.

O objetivo dele no aspecto nutricional é assemelhar a alimentação dos animais à condição que eles encontrariam em vida livre, já que grande parte do seu dia é gasta procurando e manipulando alimento.

Outra atribuição do zootecnista em um zoológico é a ambientação. “A nossa função é tentar adaptar o nosso ambiente de cativeiro a uma condição de conforto e similaridade com o habitat natural e também adaptar um pouco do animal ao ambiente”.

Grubhofer explica que estas atividades visam propiciar o melhor bem-estar possível aos animais, garantindo que eles possam expressar seus comportamentos naturais.

Comportamento de cães e gatos

 

Embora muitos não saibam, comportamentos agressivos, ansiedade e latidos em demasia podem ser sinais de que seu pet não está 100%, e nem sempre a causa é clínica (dor, coceira, etc.).

O trabalho do zootecnista Paulo Parreira, especialista em comportamento de cães e gatos, é justamente esse: descobrir o porquê o animal está se comportando de tal forma e buscar a solução, para que sua qualidade de vida e de seus tutores melhore.

“Dentro da questão de bem-estar é importante avaliarmos as cinco liberdades, principalmente se o animal é livre para expressar seu comportamento natural. Não adianta ter um cão preso o dia todo, esse animal provavelmente irá desenvolver algum tipo de desvio comportamental”, destaca.

O comportamento do animal e o seu bem-estar estão diretamente relacionados à dinâmica familiar em que ele está inserido. Os conflitos, muitas vezes simples de serem resolvidos, podem levar ao abandono ou a uma relação conflituosa. Por isso a avaliação e intervenção do zootecnista é importante, buscando resolver as problemáticas apresentadas e garantir o bem-estar animal.

Manejo de animais de produção

Com o bem-estar animal cada vez mais em alta, a preocupação com a qualidade de vida dos animais utilizados para produção de alimentos de consumo humano também aumenta.

Por isso o papel do zootecnista dentro dos sistemas de produção ganha mais relevância. O professor Marson Warpechowski, que é responsável por uma produção de suínos na fazenda experimental da UFPR, afirma que o bem-estar destes animais é, além de obrigação, uma prioridade.

“A zootecnia é essencial para que os sistemas de produção tenham não somente boa qualidade dos produtos, mas também qualidade ética no sentido de impacto ambiental e de qualidade de vida dos animais. Esse é o nosso objetivo de trabalho”, defende.

O zootecnista tem o conhecimento teórico e técnico do comportamento do animal e das necessidades fisiológicas dele para utilizar boas práticas de manejo visando garantir a estes animais melhor qualidade de vida.

Dia do Zootecnista

O Dia do Zootecnista é comemorado em 13 de maio, fazendo referência ao dia da aula inaugural do primeiro curso de zootecnia do Brasil, realizada em 1966 em Uruguaiana/RS. Em 08 de janeiro deste ano o presidente Michel Temer sancionou a Lei nº 13.596, que oficializou a data em homenagem aos profissionais.

 





Copyright © 2009 CRMV-PR - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Abissal Design & Comunicação